segunda-feira, 9 de março de 2009

Corações ao alto...e pés bem assentes na terra...

Os três discípulos, testemunhas da transfiguração, parecem não ter muita vontade de “descer à terra” e enfrentar o mundo e os problemas dos homens. Representam todos aqueles que vivem de olhos postos no céu, alheados da realidade concreta do mundo, sem vontade de intervir para o renovar e transformar. No entanto, ser seguidor de Jesus obriga a “regressar ao mundo” para testemunhar aos homens – mesmo contra a corrente – que a realização autêntica está no dom da vida; obriga a atolarmo-nos no mundo, nos seus problemas e dramas, a fim de dar o nosso contributo para o aparecimento de um mundo mais justo e mais feliz.
A religião não é um ópio que nos adormece…ahh é tudo tão lindo…ou então olhamos a vida de Jesus e o seu sofrimento, a sua flagelação, até O podemos imaginar preso a uma coluna sendo chicoteado, mal tratado, se virmos e pensarmos sobre algumas cenas da vida de Jesus até nos emocionamos, mas ficamos no… Ahhh é tão lindo…”
A religião não é um ópio que nos adormece mas um compromisso com Deus, que se faz compromisso de amor com o mundo e com os homens…e por isso nos faz ter os pés bem assentes no chão.


Alguém contava que havia uma terra em que as pessoas eram bastante criticas…aliás criticavam por tudo e por nada…
Então o rei decidiu colocar uma pedra enorme no meio da estrada.
Ele escondeu-se e ficou a ver se alguém tiraria a imensa rocha do caminho.
Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta á pedra.
Alguns até esbracejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas mas nenhum deles tentou sequer tirar a pedra dali.
De repente, passa um camponês com uma carga de vegetais. Ao aproximar-se da rocha, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a rocha dali.
Após muita força e suor, finalmente conseguiu mover a pedra para o lado da estrada.
Voltou a pegar na sua carga de vegetais mas notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra.
A bolsa continha moedas de ouro e uma nota escrita pelo rei que dizia: “ Esta bolsa pertence a quem removeu esta pedra do caminho”.
O camponês aprendeu o que muitos de nós nunca entendeu:
"Todo obstáculo tem uma oportunidade para melhorarmos nossa condição".

Corações ao Alto; o nosso coração está em Deus mas os nossos pés devem estar bem assentes na terra…

3 comentários:

Pinhas disse...

"Todo obstáculo tem uma oportunidade para melhorarmos nossa condição".

Só conseguimos perceber a força que temos, quando tentamos e conseguimos.

É fantástico, depois, perceber que se quisermos ultrapassamos qualquer obstáculo.

MFN disse...

Ando baralhadita!
Obstáculos tenho tido muitos...as oportunidades...ou ainda não chegaram ou passaram-me ao lado e nem dei por isso!!!

Fátima disse...

"Não importa o tamanho dos obstáculos, mas o tamanho da motivação que temos para os superar".
(Augusto Cury - Pais Brilhantes , Professores Fascinantes)